PREGÃO ELETRÔNICO: um estudo da economicidade propiciada ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

Francisco Valmir Dias Soares Junior, Hugo Azevedo Rangel de Morais

Resumo


Assim como aumenta o valor dos recursos repassados pelo Governo Federal, aumenta também à necessidade de contratações públicas mais eficientes, para melhor aquisição de produtos e serviços. Compras Públicas, por força da legalidade, devem ser realizadas através de processos licitatórios, visando escolher a proposta mais vantajosa para a Administração Pública. Dentre as modalidades de licitação, surge o Pregão Eletrônico que é a modalidade oficial utilizada pela união para aquisição de bens e serviços comuns. Nessa temática, esta pesquisa teve como objetivo mensurar a economicidade obtida com a utilização da modalidade de licitação conhecida como pregão eletrônico, nos processos de aquisição e contratação realizados pelo IFRN – Campus Mossoró, nos anos de 2010 a 2012. A metodologia caracteriza-se como descritiva e qualitativa, pois permite uma reflexão mais profunda dos dados, sob forma de estudo de caso. Para o estudo, foram analisadas as atas referentes aos pregões eletrônicos realizados pela instituição citada, além da aplicação de um questionário com cinco perguntas abertas ao pregoeiro do IFRN – Campus Mossoró. Conforme a análise documental das atas, foi constatada uma economia de 20,90% no ano de 2010, de 16,02% no ano de 2011 e de 18,46% em 2012, totalizando um montante econômico de R$ 465.605,74, nesse período. Concernente ao tempo de conclusão dos processos, estes apresentaram uma média de 23 dias para a conclusão, acima do esperado, visto que foram detectados alguns problemas na execução dos procedimentos.

 

The more it increases the value of funds transferred by the Federal Government,the more it increases the need for more efficient public procurement in order to better acquire goods and services. Public Procurement, by virtue of legality, must be carried out through bidding processes that select the most advantageous tender for the Public Administration. Among the modalities of bidding, there is the Electronic Trading, which is the official method used by the Federal Government to purchase common goods and services. Considering the aforementioned topic, this study aimed at measuring the economic efficiency achieved with the use of the bidding method known as Electronic Trading in both the procurement and contracting processes conducted by IFRN - Campus Mossoró (Federal Institute of Rio Grande do Norte) from 2010 to 2012. The methodology is characterized as descriptive and qualitative since it allows a deeper reflection on the data in a case study. For this study, the records regarding the Electronic Trading sessions carried out by the institution were analyzed; furthermore, a questionnaire with five open questions was applied to the trader of the IFRN - Campus Mossoró. As the documentary analysis of the records indicate, a saving of 20.90% was found in 2010; 16.02% in 2011 and 18.46% in 2012, which totalizes a budget of R$ 465,605.74 in this period. As far as the time of completion of the process is concerned, there was an average of 23 days for completion, which was higher than the one originally expected, once some problems in the implementation of the procedures were detected.


Palavras-chave


Pregão Eletrônico; Economia; Licitação

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXANDRINO, Marcelo; PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. 20. ed. ver. e atual. São Paulo: Método, 2012.

BARROS, Wellington Pacheco. Licitações e contratos administrativos. São Paulo: Atlas, 2009.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 2012.

______. Decreto nº 5.450, de 31 de Maio de 2005.Regulamenta o pregão, na forma eletrônica, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2014.

______. Lei nº 8.666, de 21 de Junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2014.

______. Lei nº 10.520, de 17 de Julho de 2002. Institui, no âmbito da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 08 mar. 2014.

______. Medida Provisória nº 2.026, de 04 de Maio de 2000. Institui, no âmbito da União, nos termos do art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2014.

______. Tribunal de Contas da União. Acórdão AC-3171-52/11-P. Relator: Ministro André Luis de Carvalho. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2014.

BUGARIN, Paulo Soares. O Princípio Constitucional da Eficiência, um Enfoque Doutrinário Multidisciplinar. Brasília: revista do Tribunal da União – Fórum Administrativo, 2001.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 22. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

FARIA, Evandro Rodrigues de et al Pregão Eletrônico Versus Pregão Presencial: Estudo comparativo de redução de preços e tempo. Revista de Contabilidade do Mestrado de Ciências Contábeis da UERJ, Rio de Janeiro -RJ, v. 16, n. 1, p. 47–62, Jan./Abril, 2011. Disponível em: . Acesso em: 4 Dez. 2012.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 35. ed. São Paulo: Malheiros Editores, 2009.

RAUPP, Fabiano Maury; BEUREN, Ilse Maria. Metodologia da Pesquisa Aplicável às Ciências Sociais. In: BEUREN, Ilse Maria et al. Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

SILVA, Antônio Araújo da. A economia das compras governamentais em decorrência do Pregão Eletrônico – Uma abordagem econométrica. 2007, 50 f. Dissertação (Curso de Pós-Graduação em Economia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2007. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2014.

SILVA FILHO, Laércio de Oliveira e; LIMA, Marcos Cavalcanti; MACIEL, Rafael Gonçalves. Efeito barganha e cotação: fenômenos que permitem a ocorrência de superfaturamento com preços inferiores às referências oficiais. Revista do Tribunal de Contas da União. Brasília, p. 29-36, set/dez. 2010. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2014.

SOUZA, Karine Daniele Byhain de; CASTRO, Eduardo Bernardes de. Pregão: vantagens e desvantagens para a administração pública. VIII Congresso Nacional de Excelência em Gestão. Brasília, 2012. Disponível em . Acesso em: 10 jun. 2014.




DOI: https://doi.org/10.28950/1981-223x_revistafocoadm/2016.v9i1.251

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

e-ISSN: 1981-223x 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.